Brincando com os números de 1 a 5 na Educação Infantil com base na BNCC

Plano de aula números de 1 a 5 Educação Infantil BNCC

Neste plano de aula, você encontrará atividades lúdicas com números de 1 a 5 para educação infantil, facilitando o ensino de forma envolvente e interativa para suas crianças. Saiba como utilizar a contação de história, jogos e materiais manipulativos para despertar o interesse dos alunos e promover o desenvolvimento integral. Entenda a importância dessa aprendizagem, de acordo com a BNCC, e conheça as teorias de renomados educadores brasileiros que embasam as estratégias propostas.

Plano de Aula – Números de 1 a 5 na Educação Infantil

Objetivo:

O objetivo desta aula é ensinar os numerais de 1 a 5 para crianças da Educação Infantil de forma lúdica e interativa, tendo como ponto de partida a contação de história infantil.

Atividade:

  1. Contação de História: “Os Cinco Insetinhos Coloridos”
    • Introdução:
      • Contextualize a história, explicando que se passa numa floresta encantada, onde vivem cinco insetos muito especiais: uma joaninha, uma borboleta, uma abelha, uma formiga e um besouro. Cada inseto possui uma cor única e brilhante.
    • Desenvolvimento:
      • Apresente cada inseto e sua respectiva cor para as crianças, utilizando imagens ou ilustrações.
      • Conte a história de forma envolvente, associando cada inseto a uma cor. Antes de pousar, explique que cada inseto dá piruetas de acordo com os números de 1 a 5.
      • Faça perguntas durante a narrativa para interagir com as crianças e estimular a participação.
      • Após a história, reforce a associação entre cada inseto e sua respectiva cor, relembrando os numerais de 1 a 5.
  2. Adivinhação e Contagem de Piruetas
    • Organize uma atividade de adivinhação em que as crianças devem adivinhar qual inseto vai pousar anunciando apenas um dos números de 1 a 5.
      • Explique às crianças que você vai mostrar um cartão com um dos insetos e elas devem adivinhar quantas piruetas aquele inseto faz para pousar.
      • Por exemplo, se você mostrar o cartão da joaninha, as crianças devem adivinhar que ela faz uma pirueta para pousar.
      • Incentive-as a participar e a justificar suas respostas.
    • Em seguida, com o cartão do inseto escolhido, faça ludicamente as piruetas correspondentes para que as crianças vejam e contem cada uma delas em voz alta.
    • Encerre a atividade reforçando a importância dos numerais de 1 a 5 e a associação com as cores através da história e das brincadeiras.
  3. Sugestão de atividade lúdica alternativa, ou complementar: de forma livre, usando música, que pode ser tocada em aparelho de som, ou mesmo com instrumento ao vivo, peça para as crianças a dançarem, andarem, correrem como um dos insetos, fazendo “piruetas” (uma, duas e mais) de acordo com as instruções dadas por você

Recursos Necessários:

  • Livro de história “Os Cinco Insetinhos Coloridos”
  • Imagens ou ilustrações dos insetos e das cores
  • Materiais para atividades práticas, como tintas, pincéis, papel, etc.
  • Equipamento de som, ou instrumento musical

Avaliação:

  • Observe a participação e o envolvimento das crianças durante a contação da história e nas atividades práticas.
  • Verifique se as crianças conseguem associar corretamente os insetos às suas respectivas cores.
  • Realize perguntas e interações para avaliar o entendimento dos numerais de 1 a 5.

Observações:

  • Este plano de aula pode ser adaptado de acordo com a faixa etária e o nível de desenvolvimento das crianças.
  • Utilize recursos visuais e materiais manipulativos para tornar a atividade mais atrativa e interativa.
  • Adapte as atividades lúdicas com números de 1 a 5 na educação infantil de acordo com seu plano de aula

Fundamentações sobre a ferramenta de contação de história para o ensino de numerais

A importância de ensinar os números de 1 a 5 na Educação Infantil vai além do simples aprendizado numérico. Segundo a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a educação matemática nessa etapa tem como objetivo desenvolver o raciocínio lógico, a capacidade de resolver problemas e a percepção das relações quantitativas.

Conforme destacado por Vygotsky, renomado educador e psicólogo, “a criança precisa ser vista como um ser ativo em seu próprio processo de aprendizagem”. Dessa forma, é fundamental proporcionar atividades lúdicas e interativas que despertem o interesse e a curiosidade dos alunos, como o plano de aula proposto.

Ao utilizar a contação de história como estratégia, seguimos a abordagem de Emília Ferreiro, que ressalta a importância da ludicidade e do contexto significativo na aprendizagem. Ao contextualizar a história dos “Cinco Insetinhos Coloridos” em uma floresta encantada, as crianças são imersas em um ambiente imaginário que facilita a assimilação dos conceitos.

Além disso, é essencial promover a interação entre as crianças durante a contação da história. Conforme Paulo Freire defende, “a educação não pode ser uma prática vertical, onde o professor transmite conhecimento de forma unilateral”. Portanto, ao fazer perguntas e incentivar a participação ativa dos alunos, estamos estimulando o diálogo e a construção coletiva do conhecimento.

Para Maria Montessori, é importante que as crianças tenham materiais manipulativos à disposição para explorar e aprender. No plano de aula, sugerimos o uso de imagens, ilustrações e materiais para atividades práticas, como tintas e pincéis. Esses recursos visuais e táteis permitem que as crianças experimentem, descubram e internalizem os números de 1 a 5 de maneira concreta.

Ao finalizar a atividade com uma adivinhação e contagem de piruetas, estamos trabalhando a associação entre numerais e quantidades, como proposto por Jean Piaget em sua teoria do desenvolvimento cognitivo. As crianças têm a oportunidade de aplicar os conhecimentos adquiridos na história de forma prática, consolidando seu aprendizado.